Foto: Guarda Civil Municipal – Divulgação
Na chácara, que fica na Rua das Avenças, havia 17 crânios de bode, um de cachorro e dois cascos de tartaruga

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Sumaré encontrou 18 crânios de animais em um imóvel do bairro Chácaras Primavera na tarde desta segunda-feira (7). Uma das suspeitas da Polícia Civil é de que o local tenha sido utilizado para rituais.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), um munícipe denunciou o caso à guarda, afirmando que tinha encontrado cabeças de animais no local. Quando os agentes chegaram no imóvel ele estava trancado e ninguém foi localizado.

Na chácara, que fica na Rua das Avenças, havia 17 crânios de bode, um de cachorro e dois cascos de tartaruga. Além disso, dois cachorros vivos também estavam lá – há indícios de que os animais não se alimentavam há dias.

A Polícia Civil foi acionada e realizou perícia no local. O boletim de ocorrência foi registrado no plantão policial de Sumaré e o caso está sendo investigado no 1° DP (Distrito Policial). Os animais foram retirados pelo departamento de Bem Estar da Secretaria de Saúde do município.

Ao LIBERAL, o delegado Marco Antonio Braga, responsável pelo caso, afirmou que o próximo passo da apuração é ouvir os proprietários da chácara para saber se o imóvel foi alugado ou havia sido invadido.

Uma das linhas de investigação adotada pela Polícia Civil é que o imóvel teria sido usado para rituais “É uma das hipóteses, mas ainda é muito prematuro para afirmar”, acrescenta Braga.

Artigos relacionados
Carregar mais por admin
Carregar mais em Notícias

Leia também

Produtos de MC Gui despencam nos preços após polêmica de bullying

Brasil Posted on 23 de outubro de 2019 O site da Amazon, por exemplo, reduziu o valor de R…